Mercado Editorial

PNAIC parece ressurgir das cinzas

Por Leonardo Neto.

Um e-mail enviado pelo Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE) encheu muitos editores de esperanças. A mensagem fala sobre um possível renascimento do PNAIC (Programa Nacional Alfabetização na Idade Certa), que na sua última edição, em 2013, comprou mais de 10 milhões de exemplares, beneficiando 8 milhões de alunos e totalizando um investimento de R$ 38,2 milhões só na aquisição de livros.

Em agosto do ano passado, em uma reunião com editores e representantes de entidades do livro, o então secretário-executivo do Ministério da Educação (MEC) disse que havia uma chance pequena, de 30%, de o programa sair do papel. Àquela altura, as obras já tinham sido avaliadas, selecionadas e até arroladas no Diário Oficial da União. Com a demora (o resultado do programa saiu em novembro de 2014), muitos editores já davam esta edição do PNAIC como morto.

PNAIC parece ressurgir das cinzas | © Eduardo Aigner

No entanto, o e-mail, que começou a ser enviado aos editores nesta quinta-feira (29), diz que há uma “previsão de aquisição dos materiais aprovados para o PNLD PNAIC” e pede que os editores verifiquem a sua situação e atualização de dados no sistema de compras governamentais, o SICAF.

Antes do e-mail, o MEC já tinha publicado, em seu site, um guia voltado para os professores no qual estão listadas todas as obras selecionadas. Isso já tinha deixado alguns editores animados com a possibilidade do ressurgimento do programa. Para alguns, o e-mail de agora, então, é um indício mais forte de que o programa, finalmente, sairá do papel. “Isso pode ser um sinal de que parece que vão comprar”, disse cautelosa Rejane Dias, da Autêntica, que tem três títulos selecionados para o programa. O questionamento que fica no ar é se todos os livros selecionados serão comprados e quantos exemplares serão comprados. O PublishNews procurou o FNDE via sua assessoria de imprensa para esclarecimentos, mas até o fechamento desta matéria, não obteve retorno.

Fonte: Abrelivros

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *