Cultura

16 bibliotecas digitais que você precisa conhecer

Por Jéssica Chiarelli.

Ter acesso ao conhecimento nunca foi tão fácil. O filósofo francês Pierre Lévy começou a chamar a atenção para esse fato nos anos 1990, quando a internet se popularizou em todo o mundo. De acordo com o pensador, houve a abertura de um novo espaço de comunicação com as conexões de computadores, que ele chamou de cibercultura — isto é, a cultura nos meios digitais. A cibercultura, para ele, possui potencial para se tornar um vetor de inteligência e criações coletivas. Contudo, embora ela tenha proporcionado uma verdadeira revolução a partir do acesso facilitado à informação, surgiu um grande desafio: selecionar o que é realmente relevante. Muitas vezes, a avalanche de conteúdos que encontramos nas buscas da internet e nas redes sociais não dá espaço para o acesso a materiais de qualidade, mesmo que eles sejam o objetivo. Pensando nisso, a Bula realizou um pente fino na web e reuniu em uma lista de plataformas, coletâneas e bibliotecas digitais que são verdadeiros tesouros para os amantes de literatura, filosofia e cultura — ou deveria dizer cibercultura? — de modo geral.

Fonte: Revista Bula

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *